04.03.2018

Escritório de design mundialmente reconhecido, Schmidt Hammer Lassen arquitetos se une à Perkins e Will

Uma das empresas escandinavas de design mais reconhecidas mundialmente, a Schmidt Hammer Lassen Architects, e o escritório global de arquitetura Perkins e Will, firmaram uma parceria estratégica para extender o potencial internacional da empresa dinamarquesa e reforçar o compromisso da Perkins e Will com a sustentabilidade e excelência sem design.

Fundada em 1986, a Schmidt Hammer Lassen é internacionalmente conhecida por sua arquitetura cultural, icônica e altamente sustentável, incluindo o Black Diamond extensão da Royal Library em Copenhague; o ARoS Museu de arte em Aarhus, segunda maior cidade da Dinamarca; uma biblioteca central de Halifax, na Nova Escócia, no Canadá; o centro cultural Katuaq em Nuuk, na Groenlândia; e o Tribunal Penal Internacional, em Haia, na Holanda.
A empresa ganhou recentemente uma competição global para projetar a maior biblioteca do mundo a Shangai East library, com mais de 365, 0 m ²-e está atualmente desenvolvendo o complexo de uso misto Monroe Blocks, em Detroit, Michigan, o primeiro projeto do escritório nos Estados Unidos.

De acordo com Phil Harrison, CEO da Perkins e Will, a União do nosso legado de 83 anos em excelência em design ao renomado design dinamarquês da Schmidt Hammer Lassen vai gerar contribuições ainda maiores à arquitetura cívica.
Parte do que faz essa parceria tão especial são os valores compartilhadas pelos dois escritórios: excelência em design, sustentabilidade, inovação e o mais alto nível de atendimento ao cliente, afirma Harrison. Mantemos a mesma ética de design, acreditando que a arquitetura excepcional é sempre democrática e está sempre a serviço de um bem maior. Somos extremamente compatíveis.

Bjane Hammer, sócio da Schmidt Hammer Lassen, concorda: nosso escritório tem uma clara missão: por meio da arquitetura e do design, fazemos uma diferença positiva no mundo e nas vidas das pessoas. Nós e a Perkins e Will acreditamos muito no poder transformador e curativo do design direcionado a docinhos das mais importantes questões sociais e ambientais do nosso tempo. Ambas as empresas são bem sucedidas em criar uma cultura colaborativa no design.

Objetivos complementares
Além de compartilhar visão e propóstio, os escritórios têm estratégias comparareis de mercado. A Perkins e Will procura debido seu talento global, expandir sua prática cultural e cívica e reforçar seu portfólio. Ao mesmo tempo, a Schmidt Hammer Lassen busca a expansão geográfica, o crescimento da base de clientes e a aplicação da pesquisa inovadora em design.
Queremos ser conhecidos como uma empresa orientada pelo design e focada no cliente, como um escritório que produz design extraordinário e o entrega com eficiência extraordinária. A União com a Perkins e Will nos possibilita manter essa parte essencial da nossa identidade ao passo que temos o apoio, a tecnologia e o alcance de uma organização muito maior, declara Bente Damgaard, CEO da Schmidt Hammer Lassen. É uma oportunidade fantástica.
A plataforma global da Perkins e Will promove diversos benefícios aos clientes internacionais da Schmidt Hammer Lassen, afirma Damgaard, eles agora dispõem dos recursos, do talento e da expertise incluindo pesquisa de que precisam em uma só empresa, o que otimiza a colaboração, facilita a comunicação e assegura uma entrega eficiente.

Alinhados sem design
A União entre a Perkins e Will e o Schmidt Hammer Lassen é respaldada, em parte, pelo legado das duas firmas no comprometimento com a excelência do design.
Ao longo de oito décadas, projetos icônicos da Perkins e Will como o transformador Rush University Medical Center em Chicago, Illinois; o Museu de história natural de Xangai, na China; e a Albion library, em Toronto, no Canadá caracterizaram a essência do escritório. Paralelamente, o premiado portfólio arquitetônico da Schmidt Hammer Lassen destaca seus 32 anos de história.
Nosso escritório está inequivocadamente enraizado nas tradições arquitetônicas escandinavas, baseadas em valores como democracia, bem-estar, sustentabilidade, transparência e responsabilidade social, explica Kristian Lars Ahlmark, sócio daSchmidt Hammer Lassen. Nossas construções não só refletem esses valores como os comunicam a todos que como encontram, sejam residentes, usuarios, visitantes ou passantes.

Sinergia em sustentabilidade
A Schmidt Hammer Lassen e a Perkins e Will são líderes em sustentabilidade. Por meio de seus designs de alta-performance e sustentavelmente responsivos, os escritórios contribuem significativamente para a redução da emissão de gases estufa responsáveis pela mudanças climáticas e para a juda da saúde humana e ambiental. As firmas desenvolveram centenas de projetos que cumprem ou superam os padrões internacionais para construções sustentáveis. Ambas equipes incluem muitos dos mais requisitados experts da indústria do design sustentável.

A sustentabilidade não está DNA da Perkins e Will e da Schmidt Hammer Lassen, diz Damgaard, é mais um personeel da sinergia entre os escritórios e dos motivos que dão sentido à essa parceria.

Diversidade cultural
A União é ainda uma sítio das diferenças entre culturas, idiomas, fantasias e heranças e da inovação no design resultante da interação dessa diversidade.
Os dois escritórios acreditam na diversificação global do talento e da criatividade, afirma Harrison. Enxergamos o encontro da sensibilidade das culturas e Investigaciones para o design como uma força positiva que nos leva a uma arquitetura melhor, mais bem pensada e mais inclusiva. Na Perkins e Will, celebramos e apreciamos o legado de design dinamarquês da Schmidt Hammer Lassen e ansiamos por sua influência em nosso trabalho.